O Serviço Educativo do Pato Lógico tem asas; é só chamar que ele voa. As oficinas são prolongamentos dos livros, nas sessões são revelados segredos da criação e as exposições são itinerantes.

A Casa Branca

O Pato Lógico criou um conjunto de oficinas pedagógicas inspiradas na obra infanto-juvenil de Sophia de Mello Breyner Andresen para pôr em prática nas escolas do concelho de Oeiras.

A maior flor do mundo

Leitura encenada com oficina plástica e coreográfica, onde se faz uso do corpo para dar movimento à história e se criam flores que formam um jardim.

Barriga da Baleia

Oficina plástica e musical que mergulha na história de Sari, uma menina que parte numa aventura marítima com o seu amigo Azur.

Teatro

Oficina de descoberta e expressão dramática, com exercícios de concentração, de respiração e vocais, jogos de cenas, deixas e até brancas!

Mar

Nesta oficina sonora e plástica, descobrem-se palavras soltas de A a Z no livro Mar - atividário, de Ricardo Henriques e André Letria. No final, estas palavras dão pistas para construções plásticas.

Balbúrdia

Sessão com a autora Teresa Cortez e oficina de construção plástica 2D em volta do livro Balbúrdia, com a recriação dos brinquedos preferidos de cada participante para formar uma nova criatura.

O ateliê do ilustrador

Oficina de descoberta e ilustração, onde se vasculham pistas vindas do ateliê de trabalho de André Letria, desde esboços e ilustrações, a tintas, pincéis e muitos livros.

(Des)fazer um livro

Oficina de descoberta e montagem, onde é proposto um processo inverso ao de criar um livro. Em vez de construir, desconstruir. Vamos ver o que está lá dentro?

Se eu fosse um livro

Oficina plástica e de escrita que começa pelo ouvir, passa pelo sonhar, pelo escrever e acaba no construir. Todos juntos vamos fazer crescer ideias livrescas.

Incómodo

Oficina de escrita e construção plástica de coisas que incomodam, como uma mosca que zumbe, um telemóvel que toca no cinema ou um cócó de pássaro que cai em cheio no ombro.

Domingo vamos à Luz

Oficina de escrita e ilustração, em que cada participante recorda um episódio familiar, tal como no livro Domingo vamos à Luz, que retrata uma viagem de um pai e um filho até ao estádio do Benfica.

A casa dos Estrambólicos

Nesta oficina de construção plástica, é preciso escolher um estrambólico e definir alguns dos seus hábitos, para depois lhe constriur uma casa, adaptada às suas exigências.

De Caras

Oficina de escrita e teatro, onde é escolhida uma personagem para a qual se imagina um dia da sua vida até ao momento em que ficou com a expressão impressa no livro.