Os painéis de São Vicente em livro

Como e onde foram (re)descobertos os painéis de São Vicente de Fora? E quem são as figuras retratadas nesta obra-prima da pintura portuguesa do século XV? Foi a partir destas perguntas, com alguma imaginação à mistura, que Isabel Alçada e Ana Maria Magalhães escreveram o livro Quem é esta gente nos painéis de São Vicente?, que acaba de ser lançado pela Imprensa Nacional - Casa da Moeda (INCM), com ilustrações de Ana Seixas e design e direcção de arte do Pato Lógico. 

Na primeira parte da obra, as escritoras contam a história ficcionada sobre o processo de criação e produção dos painéis pelo pintor Nuno Gonçalves. Ao longo de 72 páginas, no registo divertido e empolgante a que nos habituaram, Isabel Alçada e Ana Maria Magalhães descrevem uma espécie de casting para a escolha dos modelos que dão origem aos retratos, pintados a óleo e têmpera sobre madeira. São, ao todo, 58 figuras da Corte de D. Afonso V (entre eles, o Infante D. Henrique) e de vários estratos sociais (nobreza, clero e povo) num acto que se acredita de veneração a São Vicente, patrono da expansão militar no Magrebe. 

Na segunda parte, os leitores são desafiados a passar à acção, com exercícios de interpretação e descoberta da obra, que se encontra exposta no Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA): ora para identificar as figuras retratadas nos painéis, ora para desenhar diferentes tipos de chapéus utilizados pelas personagens, ora para completar nomes de outras obras de Nuno Gonçalves expostas neste museu. Há até uma sugestão para aprender a fazer têmpera de ovo e, assim, pintar à maneira deste mestre quatrocentista. 

Publicado em Novembro passado, o livro está à venda nas lojas da INCM e do MNAA.