E de moedas nasceram livros

A Imprensa Nacional - Casa da Moeda lançou recentemente uma colecção de livros sobre diversas séries de moedas comemorativas e de edição limitada, que exploram temas relacionados com a história, a geografia, a ciência e a natureza. 

O objectivo primordial desta coleção, dirigida especialmente ao público infanto-juvenil, é aproximar os leitores mais jovens da numismática, através do conhecimento e da educação. 

O Pato Lógico é um dos parceiros que apoiam este projecto, sendo responsável, desde o início, pelo design e direcção de arte de todos os livros - que, a partir de agora, passam a estar disponíveis para venda também na nossa loja online

O título inaugural, Cara ou Coroa? Pequena História da Moeda, foi publicado em Junho de 2016, com texto de Ricardo Henriques e ilustrações de Nicolau, e conta a história (e muitas curiosidades) da moeda ao longo dos tempos, em Portugal e no mundo. 

Seguiu-se o livro Sou o Lince-Ibérico. O Felino Mais Ameaçado do Mundo, escrito por Maria João Freitas e ilustrado por Nádia e Tiago Albuquerque, que acompanhou a emissão de moedas alusivas ao lince-ibérico, numa série à qual a Imprensa Nacional chamou “Espécies Ameaçadas”. Neste caso, parte da venda de cada moeda e de cada exemplar reverte para o Fundo para a Conservação da Natureza e da Biodiversidade - contribuindo, assim, para a preservação da espécie. 

O terceiro título, Princesas de Portugal, Rainhas da Europa, com texto de Luís Almeida Martins e ilustrações de Marta Monteiro, conta a história de quatro princesas portuguesas que desempenharam papéis importantes por via de casamentos com monarcas estrangeiros. 

Seguiram-se as obras Rainha dos Ares. A Águia-Imperial-Ibérica, na qual Carla Maia de Almeida descreve, com ilustrações de Susa Monteiro, factos e curiosidades sobre uma espécie até há pouco tempo considerada extinta em Portugal, e Caretos e Coretos. Tradições Populares em Portugal, o mais recente título, dedicado a seis tradições populares em Portugal, com texto de Vera Marques Alves e ilustrações de Carolina Celas.  

Uma particularidade digna de nota é o design desta colecção: todos os livros têm uma sobrecapa que se transforma em póster. Este aspecto foi, aliás, valorizado pelo júri da 21.ª edição do Prémio Nacional de Ilustração, que em 2017 atribuiu uma menção especial ao livro Sou o Lince-Ibérico. O Felino mais Ameaçado do Mundo«Os ilustradores recuperam o uso do poster como tributo à adolescência, dando nova função à sobrecapa», assinalaram Susana Lopes Silva, da Escola Superior de Educação do Porto, Rita Pimenta, jornalista e autora do blogue Letra Pequena, e Vera Oliveira, técnica superior da Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, salientando ainda a importância do «investimento em obras de cariz científico dirigidas aos mais jovens»