Como é o Natal em Edimburgo?

O Natal escocês é sinónimo de crackers, tradição antiga que continua a empolgar miúdos e graúdos. A ementa inclui peru, o tradicional pudim flambado e queijos, muitos queijos. 

- O que comem os escoceses na consoada e no Dia de Natal?  

Sou vegetariano e, por isso, é sempre interessante fazer refeições sem carne. Mas nem todos os meus familiares o são e gostam de peru assado, tradicionalmente servido com molho de carne, vegetais salteados, couves-de-bruxelas, ervilhas, salsichas, pão e molho de arando. Para sobremesa, um pudim de Natal com molho de ovos ou gelado, que geralmente se rega com Brandy e é flamejado enquanto se leva para a mesa. E, finalmente, é tempo de um bom queijo (sou um grande fã do Blue Stilton), crackers e vinho do Porto. No Dia de Natal, costumamos comer salmão fumado escocês e ovos ao pequeno-almoço. 

- E como se festeja esta época, em casa e na rua?

Costumo ir até um bar com lareira acesa tomar um bom uísque. Mas não passo sempre o Natal em Edimburgo (onde vivo): umas vezes vou para Norfolk, na Inglaterra (onde nasci), outras vou visitar familiares na Irlanda ou noutros locais do Reino Unido. O Natal na Escócia é semelhante ao da Inglaterra. Mas a passagem de ano (o famoso Hogmanay) é que é realmente importante para os escoceses. No Hogmanay, entre outros costumes, pratica-se o first footing, ou seja, a primeira pessoa a entrar em casa no dia 1 de Janeiro deve ser, segundo a tradição, um homem moreno que traz pedaços de carvão, sal, pão, um biscoito de manteiga e um pouco de uísque. Mas, hoje em dia, creio que já não é obrigatório que seja um homem moreno a primeira visita do ano. De resto, os escoceses gostam de tomar um copo - e apreciam especialmente uísque single malt. Também temos os famosos crackers de Natal, que têm lá dentro uma coroa de papel, um presente e uma piada/charada, que é sempre terrível.

- Recorda-nos um Natal da tua infância ou juventude.

Costumávamos deixar uma empada de maça e frutos secos e um copo de xerez para o Pai Natal e, de manhã, ficávamos muito empolgados ao descobrir que ele comeu a empada e bebeu o vinho… E ainda nos deixava um bilhete assinado com a impressão do polegar. Lembro-me de simplesmente sair com a família para nos divertirmos (infelizmente, muitos já cá não estão). Recordar esses tempos é muito especial. 

- Se tivesses de fazer um postal natalício baseado na tua cidade, o que desenharias? 

O Castelo, porque é o edifício mais famoso de Edimburgo, ou então a linha do horizonte.