Como é o Natal dos viseenses?

Todas as rotundas da cidade são enfeitadas, no Rossio ergue-se um presépio de grande dimensão e, à mesa, não faltam as fritas de polvo e as típicas castanhas de ovos. 

- O que comem os viseenses na consoada e no dia de Natal?  

Uma consoada farta: fritas de polvo com arroz do mesmo ou bacalhau cozido com batatas e couves. E nunca faltam as sobremesas: rabanadas, sonhos, filhoses, bolo-rei, arroz-doce e as típicas castanhas de ovos. No dia de Natal, a mesa dos doces continua posta, mas o prato principal costuma ser de carne: um lombo assado com arroz de pinhões e passas.

- E como se festeja esta época, em casa e na rua?

A cidade está iluminada com decorações natalícias desde 1 de Dezembro. O Rossio acolhe, no centro da praça, um presépio de grande dimensão e uma cascata de estrelas sobre as tílias que rodeiam o edifício da Câmara Municipal. Todas as rotundas são enfeitadas pelas escolas básicas da cidade e, como está sempre um frio de rachar, sabe bem um passeio de carro para ver essas decorações. Como em todo o país, à meia-noite do dia 24, tocam os sinos para a Missa do Galo.

- Recorda-nos um Natal da tua infância ou juventude.

Todos os anos se repete a tradição, os Natais passados em casa dos meus pais não costumam fugir à regra e são muito parecidos. Algumas vezes, vinham também os meus tios e as minhas primas e ali reuníamos a família à volta da mesa e da lareira. O tempo de espera entre a consoada e as prendas (que abrimos sempre à meia-noite de dia 24) era o de maior expectativa e diversão. Jogos, cantorias e filmes da Disney preenchiam esse tempo e tornavam o Natal numa festa bastante animada! 

- Se tivesses de fazer um postal de Natal baseado na tua cidade, o que desenharias? 

A Rua Formosa iluminada, passadeira vermelha no chão e muita gente na rua.