Amália Rodrigues. Um Lugar Misterioso

Texto: Sónia Graça

Ilustrações: Paulo Monteiro

Ano de publicação: 2020

Dimensões: 10,5 x 24 cm

ISBN: 978-972-27-2826-3

Páginas: 80

Preço: 11,00 €

Nasceu pobre e cresceu sem colo, separada dos pais. Uma dor que só o avô materno tornou menos pesada. Num tempo em que se proibiam poemas e canções, ela pôs-se a cantar a sua tristeza pelas ruas de Lisboa. E a voz depressa galgou fronteiras, comovendo multidões em todo o mundo. Foi Amália quem primeiro ousou cantar os poetas eruditos da língua portuguesa. Graças a ela, o fado, outrora malvisto, transformou-se numa canção universal. Pelo meio, voltou ao folclore – com a mãe, em estúdio, tentará gravar as canções da infância. 

Amália gostava de Salazar, mas não conhecia regras e ajudava presos políticos. Invejada pelos pares, foi atacada na revolução, mas reinventou-se e (re)criou o seu próprio fado. 

Sónia Graça traça o perfil daquela que foi considerada, mais do que uma vez, uma das maiores cantoras do século XX. Com ilustrações de Paulo Monteiro, Amália Rodrigues. Um Lugar Misterioso é o mais recente título da colecção Grandes Vidas Portuguesas, uma co-edição Imprensa Nacional/Pato Lógico que apresenta biografias de personalidades de destaque da nossa História.