Inês Fonseca Santos

É licenciada em Direito (FDL) e mestre em Literatura Portuguesa Moderna e Contemporânea (FLUL). Enveredou pelo jornalismo e tornou-se escritora.

Na televisão, trabalhou como jornalista nos programas Sociedade das Belas ArtesLaboratório e Tradições (SIC Notícias); Câmara Clara e Diário Câmara Clara (RTP2); e Os Livros (RTP3). 

Actualmente, é co-editora e co-apresentadora do programa Todas as Palavras (RTP3), especialista do Plano Nacional de Leitura e guionista dos espectáculos para a infância do projecto Boca Aberta (TNDM II).

Entre as suas obras, contam-se o ensaio A Poesia de Manuel António Pina – O Encontro do Escritor com o seu Silêncio, reeditado no volume Regressar a Casa com Manuel António Pina (ed. abysmo); a biografia Produções Fictícias – 13 Anos de Insucessos (ed. Oficina do Livro); os livros de poesia As Coisas (ilustrado por João Fazenda; ed. abysmo), A Habitação de Jonas (ilustrado por Ana Ventura; ed. abysmo), Suite Sem Vista (ed. abysmo) e Os grandes animais (ilustrado por João Maio Pinto; ed. abysmo); e os livros infanto-juvenis A Palavra Perdida (ilustrado por Marta Madureira; ed. Arranha-Céus), Vincos (ilustrado por Nicolau; ed. APCC) e A Cidade (ilustrado por Beatriz Bagulho; ed. CCB/INCM). 

É autora do livro José Saramago. Homem-Rio (ilustrado por João Maio Pinto), da colecção Grandes Vidas Portuguesas, uma co-edição Pato Lógico e Imprensa Nacional. 

Em 2019, escreveu Um Milhão de Rebuçados (ilustrado por Marta Monteiro), uma publicação do Pato Lógico em parceria com a Dr. Bayard, livro que celebra o 70.º aniversário da marca que adoça o paladar de gerações, rebuçado a rebuçado.