O projecto A Casa Branca, comissariado por André Letria, desafiou João Fazenda, Afonso Cruz, Yara Kono, André da Loba, Gonçalo Viana, Bernardo Carvalho, Madalena Matoso e Tiago Albuquerque a ilustrarem oito histórias da escritora Sophia de Mello Breyner Andresen.

Deste projecto, nasceu a exposição e o respectivo catálogo, coordenado e elaborado pelo Pato Lógico, com textos de Sara Reis da Silva, e ainda oficinas pedagógicas desenvolvidas pela mediadora cultural Madalena Marques, que acompanharam a exposição tornada itinerante pouco depois da sua inauguração, no Palácio Ribamar (Algés), em Outubro de 2012. 

A Casa Branca esteve integrada no projecto de promoção da poesia Olhos de Gigante, Coração de Pássaro, criado pela Divisão de Bibliotecas da Câmara Municipal de Oeiras, com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian.